BRASIL
Senado aprova vacinação obrigatória em fins de semana e feriados
  • Senado aprova vacinação obrigatória em fins de semana e feriados
Reprodução

O Senado aprovou ontem (27) um Projeto de Lei (PL) que obriga os postos de vacinação a funcionarem todos os dias da semana, inclusive em fins de semana e feriados, na ocorrência de epidemias e situações de calamidade na saúde pública, incluindo a atual pandemia da covid-19. O projeto segue para análise da Câmara dos Deputados.

O projeto determina que a vacinação, nos casos descritos, ocorra todos os dias até que se atinjam as metas definidas pelos respectivos planos de ação para cada grupo, em cada fase de vacinação. A vacinação diária, segundo o projeto, poderá ser interrompida caso não haja vacina em estoque ou nos casos em que for necessária a reserva de segunda dose para aplicação subsequente nos grupos em que foram ministradas doses anteriormente.

A relatora do projeto no Senado, Maria do Carmo Alves (DEM-SE), viu a necessidade de incluir outra possibilidade para a não vacinação em fins de semana e feriados. Assim, a vacinação em feriados e fins de semana pode também não ocorrer caso haja inviabilidade técnica e justificada para tanto, fato que deverá ser avaliado pelo gestor local do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a senadora, existe uma diversidade de situações potencialmente impeditivas do funcionamento dos serviços de saúde. Por exemplo, a indisponibilidade de transportes nas localidades ou até mesmo de profissionais de saúde. Por isso, deverá caber ao gestor local certa liberdade para decidir sobre a operação da saúde pública. Maria do Carmo Alves ainda citou o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que as medidas adotadas pelo governo federal no combate à pandemia não afastam a competência nem a tomada de providências de governadores e prefeitos.

Segundo o autor do projeto, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), pessoas em todo país estão se aglomerando “porque em muitos lugares a vacinação contra a covid-19 nem sempre tem ocorrido aos finais de semana e feriados”. Ainda na visão do senador por Roraima, a suspensão de vacinação nesses dias dificulta o atendimento para quem trabalha ou precisa de acompanhamento para ir até o local de imunização.

*Blog do Sena

28/04/2021/ 18:54:00
Outras Notícias
  • Bolsonaro demite ministro da Defesa e deve promover mudanças em outras pastas
Bolsonaro demite ministro da Defesa e deve promover mudanças em outras pastas
29/03/2021/ 18:42:43

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demitiu, na tarde desta segunda-feira (29), o general Fernadno Azevedo e Silva, que comnadava o Ministério da Defesa (leia mais aqui). A saída, de acordo com a Folha, integra uma reforma ministerial proposta por Bolsonaro, a qual deve ser anunciada até o final do dia. Assess...

  • Bolsonaro demite José Levi e André Mendonça deve retornar ao comando da AGU
Bolsonaro demite José Levi e André Mendonça deve retornar ao comando da AGU
29/03/2021/ 18:34:56

Após demitir o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o presidente Jair Bolsonaro deverá demitir também o ministro-chefe da Advocacia Geral da União, José Levi. A pasta deverá retornar ao comando do atual ministro da Justiça, André Mendonça, de acordo com a CNN Brasil. A emissora aponta que ainda hoje serão a...

  • brasil: Brasil tem mais mortes por Covid em 1 semana do que EUA, México, Itália e Rússia somados
brasil: Brasil tem mais mortes por Covid em 1 semana do que EUA, México, Itália e Rússia somados
29/03/2021/ 18:28:19

País supera sozinho as outras 4 nações com mais vítimas do novo coronavírus atualmente juntas. Brasil concentrou 26,7% de todos os novos óbitos do mundo e voltou a superar a União Europeia.Coveiros carregam caixão de vítima da Covid-19 em cemitério municipal de Porto Alegre na sexta-feira (26) — Foto: Silvio Avila/A...

  • IPCA-15: prévia da inflação oficial acelera para 0,93% em março
IPCA-15: prévia da inflação oficial acelera para 0,93% em março
25/03/2021/ 10:48:27

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que é uma prévia da inflação oficial do país, saltou para 0,93% março, segundo divulgou nesta quinta-feira (25) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).Trata-se do maior resultado para um mês de março desde 2015 (1,24%) e da maior ta...